Personalidades do mundo artístico desta arte reconhecem os artigos de magia indispensáveis para o exercício da ilusão - da ilusão com a qualidade absolutamente necessária para o sucesso.

Maik Magic, Presidente do Clube Mágico Português, da International Magicians Society Portugal e Membro da API recomenda os artigos de magia Misterius

Maik Magic é um mágico profissional, dos mais clássicos, com prestigio internacional e actuações em espectáculos de Close-Up, salão e palco, que reconhece - e recomenda - os melhores artigos de magia do mercado. Como presidente do Clube Mágico Português, da International Magicians Society Portugal e Membro da API constitui uma alta referência na arte do uso dos artigos de magia.

A International Magicians Society é uma entidade reconhecida em todo o mundo e por lá são certificados os mágicos mais qualificados do planeta - entidade que atribui, aos melhores dos melhores, o prémio Merlin. Bem a propósito, o nosso Luís de Matos é o mais jovem dos artistas da arte que utiliza artigos de magia.

Luís de Matos, o mágico mais jovem do mundo a receber o prémio Merlin é o português que recomenda artigos para a arte da magia

O prémio Merlin, ou Merlin Award, está para a magia como o Óscar está para o cinema, o Emmy para a televisão e o Tony para o teatro: o reconhecimento em grande. Luís de matos foi, até à data, o único artistas do uso de artigos de magia a vencer este prémio - à semelhança de nomes como Harry Blackstone, Doug Henning, Channing Pollack, Siegfried & Roy, Penn & Teller, David Copperfield, Criss Angel, Lu Chen e Rocco Silano.

Refira-se que o Prémio Merlin é apresentado aos mágicos que possuem o nível mais alto na arte de utilizar truques e artigos de magia, quer a nível nacional como internacional reconhecendo-lhe talento, carisma, originalidade, habilidade e, acima de tudo, a rara capacidade de entreter sob quaisquer condições. Por curiosidade, a estátua Merlin terá sido criada em 1968 por um desafio lançado a mais de cem estudantes de arte e o desenho vencedor - depois materializado - foi atribuído a um jovem estudante de arte da Universidade de Nova Iorque Carol Michaud.

Por cá Luís de Matos é o nosso vencedor, por excelência, no uso de truques e artigos de magia: foi nomeado "Mágico do Ano" pela Hollywood Academy of Magical Arts em 1999, realizou trabalhos de consultoria mágica para o Teatro Nacional Dona Maria, São João e São Carlos, foi director artístico do FISM 2005, em Lisboa, e tem produzido vários Festivais Anuais de Magia em Portugal.

Por ocasião do Guinness World Records o nosso mágico fez um enorme sucesso quando 52,001 Lenços desapareceram em simultâneo durante a inauguração do Estádio do Dragão. Também em 2013 o artista provou estar bem posicionado na categoria dos melhores quando recebeu, em Los Angeles, a sua terceira distinção da Hollywood Academy of Magical Arts, na distinção "Special Fellowship".

Para conhecer todos os artigos de magia usados melhores melhores mágicos do mundo, conheça o nosso site.